Robert Smith, as fotografias e uma breve história sobre o single “Pictures of You” (The Cure)

Foi no dia 19 de março de 1990 que o The Cure lançou “Pictures of You”, o último single extraído do álbum Disintegration.

Levando em conta as confusas declarações de Robert Smith sobre a origem da música, temos duas teorias bastante convincentes. A primeira aponta para o ensaio literário de Myra Poleo, chamado The Dark Power of Ritual Pictures. Após a leitura, Smith teria rasgado várias fotografias antigas tentando apagar as mágoas do passado. Faz sentido, já que várias músicas do The Cure beberam na fonte da Literatura.

A segunda teoria sobre a origem de “Pictures of You” é baseada em um incêndio que aconteceu na casa de Robert Smith. Ao vasculhar pelos destroços e encontrar sua carteira, o músico dá de cara com várias fotografias da esposa, entre elas a que serviu de capa para o single.

Curiosamente, a mesma foto foi usada em outro single do Cure, “Charlotte Sometimes”, mas completamente deformada por efeitos de distorção.

Ao contrário da longa versão presente no álbum (com 7:24), o single de “Pictures of You” apresenta uma edição com menos de cinco minutos de duração, o que não agradou muito os fãs na época.

De qualquer modo, a faixa ocupa a 278ª posição entre as 500 melhores canções de todos os tempos da revista Rolling Stone e é uma das favoritas deste que vos escreve.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s